!!! DESTAQUE DE LA SEMANA !!!

destaque

EN SAN PABLO ... LA VERDAD DE LOS BOLIVIANOS EN GOIANIA.

A verdade sobre os bolivianos em Goiânia
Por: Da Redação - São Paulo - SP - Brasil - 16/04/2016 12:48:43

O Grupo Sion divulgou nota nesta sexta-feira (15) para informar a verdade sobre a vinda de bolivianos ao Brasil, em especial à Goiânia. Diferente do que foi plantado nas redes sociais, por meio de especulações maldosas, os bolivianos visitam a capital goiana para participar de coquetel de inauguração de mais uma empresa do Grupo Sion em Goiânia, que será realizado neste sábado (16).



Os bolivianos que estavam nos ônibus parados na GO-060, na verdade, vieram a Goiânia para evento do Grupo Sion, do ramo imobiliário |Foto: PRF-GO

A empresa tem sede na Bolívia há mais de dez anos no ramo imobiliário, no México e, agora, também no Brasil, em parceria com a Efrata Empreendimentos Imobiliários e Construções. Em Goiânia, a sede está localizada no setor Oeste, e oferecerá um grande almoço de lançamento do primeiro empreendimento no Brasil em uma fazenda em Abadiânia no domingo (17).


Ou seja, os três ônibus, com 160 vendedores, chegaram à Goiânia nesta quinta-feira (14) para prestigiar a empresa, que visita o Brasil há mais de seis meses para a implantação do projeto. “O motivo não tem relação nenhuma com as manifestações políticas que estão acontecendo no Brasil”, diz a nota.

Com a rapidez que as informações de que os bolivianos teriam chegado à Goiânia tomaram, o Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) chegou até a recomendar que os órgãos de Segurança Pública do Estado impedissem a participação de estrangeiros em atos políticos relacionados ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O autor das recomendações, procurador da República Aliton Benedito de Souza, ressaltou que a atividade política por estrangeiro é vedada em território nacional e que, se isso acontecesse, as forças de segurança deveriam “aplicar as medidas inibitórias e sancionatórias pertinentes”.

Leia a nota na íntegra:


Nota de esclarecimento sobre os ônibus da Bolívia que estão em Goiânia


A promoção dos projetos imobiliários da SION no Brasil começou em 26 de fevereiro de 2016 em São Paulo. Oportunidade em que grupo boliviano organizou a primeira palestra direcionada aos empreendedores bolivianos na capital paulista. O evento foi realizado no "Restaurante Illimani" - Rua Coimbra (Brás) São Paulo - SP
Fotos da palestar:  flickr - facebook

Desde quinta-feira (14) estão sendo veiculados em importantes sites de notícias informações de que ônibus vindos da Bolívia estariam chegando para um ato pró-Dilma em Brasília. 

O Grupo Sion (empresa com sede na Bolívia há mais de 10 anos no ramo imobiliário) vem a público esclarecer que os três (03) ônibus com 160 vendedores chegaram a Goiânia ontem (quinta-feira), cidade destino.

O motivo não tem relação nenhuma com as manifestações políticas que estão acontecendo no Brasil.

O único e verdadeiro motivo para a chegada dos bolivianos na capital goiana é para o coquetel de inauguração de mais uma empresa do Grupo Sion em Goiânia que vai acontecer neste sábado (16), na sede da empresa instalada no setor Oeste; e para um almoço de lançamento do primeiro empreendimento do grupo no Brasil em uma fazenda adquirida no Lago Corumbá IV, Abadiânia (GO), no domingo (17).

O grupo internacional, conta com 20 empresas na Bolívia, uma em Cancun (México) e agora chega ao Brasil, no Estado de Goiás, com a Efrata Empreendimentos Imobiliários e Construções. O Grupo Sion esclarece ainda que desde agosto de 2015 a empresa visita o país para implantação dos seus projetos e que as datas para estes eventos já estavam programadas há meses.

O Grupo Sion lamenta as especulações e se coloca à disposição para mais informações.


por: Altair Tavares
Sexta, 15/04/2016 16h29

 


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esclareceu, nesta sexta-feira (15), que ate agora não registrou o ingresso de estrangeiros com objetivo de participar de protestos em Brasília. Desde ontem, boatos sobre uma "invasão de bolivianos" estão sendo divulgados a partir de uma publicação de fotos de três ônibus daquele país em Goiás. Segundo a PRF, o registro é verdadeiro, mas todos os passageiros entraram no país para participar de um congresso no estado. (Leia mais)...
Fonte: 
Bolívia Cultural
diariodegoias.com.br

0 comentários: